Minuto49

Minuto49

Wolves vencem em reencontro com Rubio, 97 a 100.

Jamal Crowford foi clutch e matou o jogo para a equipe de Minneapolis. 

Livio Muniz

Dezoito anos na liga, já tempo o suficiente para alguém entender os atalhos da quadra e os meios para se chegar à vitória, e com certeza Jamal Crowford conhece todos.


O veterano anotou todos os seus 17 pontos no quarto período, incluindo uma bola de três pontos a 27.5 segundos do fim, assegurando a vitória para o Minnesota Timberwolves, nesta noite de sexta-feira, 97-100.


Andrew Wiggins fez 16 de seus 21 pontos na primeira metade, com duas grandes cravadas e uma linda bola de três no estouro do cronômetro.

O terceiro quarto começou e os Wolves pareceram meio despreocupados e acomodados com a pouca vantagem que tinham. Rodney Hood fez três bolas de 3 seguidas, além de um par de boas jogadas para pôr os Jazz a frente. 

Graças a uma corrida de 12-0 ao final do quarto, o time de Tim Thibodeau voltou a frente, 70-65.  

Rick Rubio passou os últimos seis anos de sua carreira em Minnesota e teve uma recepção respeitosa pelo seu ex-clube e ex-companheiros. O espanhol fez uma boa partida com 19 pontos e 10 assistências.


No último ato as coisas se estreitaram, Rubio apareceu bem pelos Jazz, se desentendeu com Jimmy Butler e colocou emoção no final, mas não conseguiu se sobressair a J. “Crossover” Crowford.

 

Na sequência


Hoje o Utah Jazz recebe o Oklahoma city Thundern, já os Wolves visitam o OKC amanhã.