Minuto49

Minuto49

Toronto e Denver ficam a um passo das Finais de Conferência

PHILADELPHIA 76ERS 89 x 125 TORONTO RAPTORS

Com 21 pontos e 13 rebotes de Kawhi Leonard, 25 pontos de Pascal Siakam e um ataque equilibrado, o Toronto Raptors fez um grande segundo quarto para derrotar o Philadelphia 76ers por 125 a 89 na terça-feira e conquistar uma vantagem de 3-2 na semifinal da Conferência Leste.


Toronto pode avançar para as finais de conferência pela segunda vez em quatro temporadas com uma vitória no jogo 6 na Philadélfia na noite de quinta-feira. Na última vez que foram às finais pelo Leste, os Raptors perderam em seis jogos para o Cleveland em 2016.


O ponto fundamental da partida foi o segundo quarto, onde o Raptors superou o 76ers por 37-17 e levou uma vantagem de 21 pontos para o intervalo, 64-43.


Leonard, que marcou 33 ou mais pontos em cada um dos quatro primeiros jogos da série, arremessou 7 para 16 de quadra e 7 para 8 nos lances livres antes de sair com 7:22 do último quarto. Toronto nessa altura vencia por 30 pontos de diferença, o placar era de 103-73. Ele ainda teve quatro assistências e dois roubos de bola.


Pelo lado do Philadélfia, que perdeu as últimas duas partidas da série, Jimmy Butler marcou 22 pontos e Tobias Harris fez 15. Joel Embiid marcou 13 pontos e teve oito turnovers.


Se o 76ers conseguir estender a série para um sétimo jogo, ele seria jogado em Toronto no domingo à noite.


PORTLAND TRAIL BLAZERS 98 x 124 DENVER NUGGETS

Decisivo em quadra, Paul Millsap marcou 19 de seus 24 pontos no primeiro tempo na noite de terça-feira, Denver fez um excelente jogo e venceu o Portland por 124 a 98, colocando o Nuggets à um passo de sua primeira viagem à final da Conferência Oeste depois de uma década.


Depois de Millsap carregar os Nuggets no primeiro tempo, Nikola Jokic assumiu a liderança do jogo, marcou 25 pontos e pegou 19 rebotes. Jamal Murray também foi muito bem, acrescentou 18 pontos, nove assistências e zero turnovers.


Vindo de uma derrota arrasadora no último jogo, depois 4 overtimes, o Nuggets estavam focados e eficientes, exatamente como o técnico Mike Malone prometeu quando disse que o Denver não ousaria desistir em casa depois de recuperar a vantagem do time de Portland.


Quaisquer que sejam os ajustes que o treinador do Blazers, Terry Stotts, tentou fazer no durante o jogo, não deu certo, e em pouco tempo os Blazers pensavam mais em se recuperar para a próxima partida do que tentar reverter o placar. O cestinha pelo lado dos Trail Blazers foi Damian Lillard, com 22 pontos.



O que esperar de Portland e Denver no jogo 6 dessa série? Um jogo 7.


Confira o Top 5 de jogadas da noite de terça: