Minuto49

Minuto49

Top 10: Os Maiores Chutadores da História

“Quem é o melhor de todos nisso?”, “Quem é o melhor de todos naquilo?”. Bem, essas são perguntas recorrentes no esporte e que estimulam tantos atletas. Hoje, trago uma lista não só dos melhores arremessadores da história, mas de atletas que revolucionaram o Basquete como um todo.


Provavelmente nenhuma outra função do basquete sofreu tantas metamorfoses ao longo da história quanto o chutador. De um cara que não precisava carregar a bola para um criador de espaços, de um jogo que sequer tinha linha de 3 pontos para uma liga em que até os pivôs abusam desses arremessos. Independente de tudo, sempre foram eles os mais visados e os mais importantes no clucth time.


É importante deixar claro que como critério para o ranqueamento foram levados em conta a habilidade de arremessos em todos os pontos da quadra (2 pontos, 3 pontos e lance-livre), versatilidade, conquistas e principalmente a eficiência!


Como as mudanças nessa parte do jogo foram mais intensas nos últimos 25 anos, é natural que você encontre nomes mais recentes nessa lista. Vamos nessa!



10 - Mark Price





Muitos não o conhecem, mas Mark Price liderou uma equipe considerada como geração de ouro do Cleveland Cavaliers, que se iniciou no fim dos anos 80, e que contava com jogadores como Larry Nance, Brad Daugherty, Craig Ehlo, entre outros. Geração essa que nunca vingou graças a Michael Jordan e Scottie Pippen.


No entanto, durante seu auge, Price se tornou o primeiro armador a entrar no clube dos 50-40-90, de jogadores que acertaram ao menos 50% dos arremessos de quadra, 40% da linha de 3 pontos e 90% dos lances-livres em uma temporada; e fez isso duas vezes.


Além disso, o armador liderou a liga em 4 temporadas com o maior aproveitamento de lances-livres e era até 5 anos atrás o melhor da história neste quesito. Hoje é o 2º atrás de Steve Nash.


09 - Dirk Nowitzki




Os arremessadores não foram só afetados pelo jogo, eles o modificaram também! Dirk Nowitzki é a verdadeira prova disso.


Tente puxar na memória e me diga: quantos jogadores de 2,13 metros de altura, antes do alemão, costumavam abusar dos jumpshots ou da linha dos 3PTs? Lembrou de algum? Nem eu.


Dirk é ágil para sua altura, consegue controlar bem a bola e consequentemente sempre criou muito bem seus próprios arremessos. Seu trabalho de pernas e controle no post somados a um fadeaway único fazem dele uma das maiores armas ofensivas da história. Como não lembrar das brilhantes atuações nos Playoffs de 2011?


Nowitzki ainda é o 11º em bolas de 3PTs, o 17º em acertos de lances-livres e membro do clube do 50-40-90.


08 - Steve Nash




Steve Nash é um dos mais eficientes chutadores de todos os tempos! Genial não só nos passes, o ex-armador do Phoenix Suns é o único na lista a ter quatro temporadas com 50-40-90. Nenhum outro jogador fez isso mais do que duas vezes!!


Como se  isso ainda fosse pouco, o canadense é o melhor arremessador de lances-livres de todos os tempos. Sua inteligência na leitura do jogo o beneficiava nas escolhas corretas de arremessos, assim como sua incrível facilidade em jogar por entre os pick-and-rolls.


Então por que Nash está apenas em 8º?


Se olharmos os arremessos tentados por jogo, sua média é bem inferior ao restante de jogadores desta lista, portanto é natural que erre menos, mas nada que diminua a grandeza desse exímio atirador.



07 - Jerry West




O Logo, Mr. Clutch.


Jerry West é o Steve Rogers dos chutadores, o grande primeiro astro que chamou atenção por executar arremessos mirabolantes e por virar partidas quando ninguém mais acreditava. O Logo tinha apenas 1,87m de altura, mas era rápido, controlava muito bem a bola e tinha braços longo. Pode se dizer, em questões ofensivas, que West foi Stephen Curry antes de Stephen Curry.


Em um de seus jogos mais marcantes, West acertou 16 de 17 arremessos, matou todos os 12 lances livres e ainda deu 12 assistências, pegou 12 rebotes e distribuiu 10 tocos. Foi o verdadeiro responsável por colocar os arremessadores no mapa e com isso é o único a vencer um MVP das Finais mesmo sendo derrotado.



06 - Reggie Miller




Reggie Miller é um dos mais magníficos chutadores de todos os tempos.


Foi ele quem abriu espaço ao arremessador contemporâneo, já que passou 18 anos na NBA correndo, correndo e correndo por trás de corta-luzes fora da bola para apenas receber o passe e BOOM! Mais um cesta de 3PTs.


Como um grande chutador que se preze, Reggie era clutch e pôde nos proporcionar um do momentos mais incríveis da história, quando em uma Final de Conferência diante do New York Knicks, anotou 8 pontos em 9 segundos, garantindo a vitória do Indiana Pacers.






Miller é o segundo maior cestinha de 3PTs, com 2.560 arremessos feitos, ainda é 9º na história em TS% (True Shooting Percentage), estatística que mede a eficiência de um jogador, somando todos os tipos de arremessos (2PTs, 3PTs e FT).


Ele só não está mais à frente na lista porque daqui em diante a versatilidade nos arremessos irá prevalecer.


05 - Klay Thompson



Eis um jogador que é castigado pela época em que nasceu. Se não fosse ofuscado por seus companheiros de equipe, Stephen Curry e Kevin Durant, com certeza Klay seria considerado o melhor chutador do mundo.


Lembrando que sem seu companheiro de perímetro, seria ele o recordista de bolas de 3 em uma única temporada.


O ala-armador só não se encontra mais acima na lista porque em momentos importantes teve atuações controversas e não tem a mesma facilidade de Curry para criar seu próprio espaço. Eu gostaria de vê-lo atuando em um esquema menos organizado que o dos Warriors para ter a real noção do que ele poderia produzir.


Thompson é versátil nos arremessos, não sendo tão bom em jogadas verticais, mas compensando com um bom jogo no low post. É uma versão 2.0 de Ray Allen. Sua mecânica de arremesso é perfeita, robótica e fatal.


Como não se render aos 37 pontos em um único quarto?






04 - Ray Allen



Existe um motivo para você ver Ray Allen fora deste top 3. Não listei aqui os maiores arremessadores de 3PTs da história e sim os maiores arremessadores.


Allen é o melhor catch-and-shooter da história, um especialista da zona morta, que aperfeiçoou o que Reggie Miller implementou na liga. Um verdadeiro assassino, não se podia deixar uma brecha para o ala-armador, que acima de tudo não demonstrava sentimentos nos momento decisivos.


Ainda hoje é o dono do recorde de bolas de 3PTs, somando 2.973.


O que pesa diante dos demais à sua frente é a falta de versatilidade, já que boa parte de sua carreira se limitou a ser um arremessador de longa distância, inclusive em seu auge (2002-2007), quando 40% do seu jogo vinha das bolas de 3.


03 - Larry Bird



Aos meus olhos, Larry Bird foi por muitos anos o melhor chutador de todos os tempos. Com 2,06m de altura, ele era lento e mal tinha impulsão. Mesmo assim, sua técnica ultrapassou com facilidade estes obstáculos e o colocou como um dos mais versáteis pontuadores da história.


Bird não foi só um grande chutador de longa distância, mas era incrível perto da cesta também. Runners, floaters, bandejas, ganchos, low post, high post, catch-and-shoot, enfim, tudo que você imaginar Larry fazia de forma extraordinária.


A lenda Celta é o único, além de Nash, a fazer duas temporadas com 50-40-90. Sem contar que, ao falar de jogadores clutch, o nome de Bird com certeza deve vir junto aos de Jerry West e Michael Jordan.



02 - Kevin Durant



Não tem como não falar deste rapaz.


Ele é Larry Bird, mas com um atleticismo fora do normal. Com altura de pivô e tão ágil quanto um armador, não há um só tipo de arremesso que Kevin Durant não saiba executar com maestria. Sem contar que o bicampeão da NBA é dono do arremesso mais elegante e de uma das mecânicas mais perfeitas de todos os tempos. Seu equilíbrio e controle de corpo impressionam.


Durant sempre se mostrou versátil, mas seu sangue frio foi o que sobressaiu nas últimas Finais.



KD é mais um no clube dos 50-40-90 e é o jogador com a maior média de pontos desta lista (27,1).




01 - Stephen Curry



Não tinha como ser outro!


Stephen Curry é único. Seu arremesso é de longe o mais rápido da liga (0.4 segundos) e graças a uma parábola maior, suas tentativas têm mais chance de caírem do que dos demais. Muito veloz, Curry consegue arremessar saindo de dribles e movimentos rápidos com a mesma facilidade do que qualquer outro consegue enquanto imóvel.

O alcance do seu arremesso é de outro mundo, ninguém nunca chutou de tão longe com tanta confiança e precisão como ele.


O ‘Chef’ também faz parte do clube 50-40-90, além de ser o jogador com melhor aproveitamento da linha dos 3PTs (43.6%), mesmo tentando bem mais do que o restante. Se mantiver sua média e jogar até os 38 anos, Stephen pode chegar à ridícula marca de 4 mil bolas de três! Sem contar que o Splash Brother é o 3º melhor chutador de lances-livres e 5º em TS%, estando atrás apenas de pivôs, que por jogarem mais próximos da cesta têm naturalmente aproveitamentos melhores.


A versatilidade também está presente em Steph. Mesmo com sua estatura, a forma como ele encontra e cria espaços para pontuar de curta distância é impressionante. Na última temporada, Curry tentou o mesmo número de arremessos de 2PTs que Shaquilie O’Neal em 2001 (MVP), porém com um maior número de acertos, ao mesmo tempo que se saiu melhor do que Steve Nash na linha dos lances-livres!


Ele aniquila qualquer estatística quando o assunto é arremesso e sua eficiência é incomparável. Hoje, Stephen Curry está muito à frente de qualquer outro na história e dúvido que veremos um chutador como ele tão cedo. Por isso, aproveitem!