Minuto49

Minuto49

Ranking MVP - Semana 23: Há 10 dias do fim da temporada, Giannis e Harden nunca estiveram tão próximos

Estamos definitivamente na reta final da temporada, Giannis Antetokounmpo e James Harden têm, ambos, 10 dias e 5 jogos para provar que merecem o título de MVP. Ou não.


Na semana passada, presenciamos o segundo embate entre os dois e a segunda vitória do grego nessa temporada. Esta pode ter sido a última oportunidade deles mudarem alguma coisa na corrida pelo prêmio. Além do retrospecto positivo de Giannis, grande parte dos critérios que podemos usar para definir o MVP dificilmente irão mudar nas últimas duas semanas:


Giannis foi o melhor two-way player da temporada, dominando dos dois lados da quadra; seu time tem a melhor campanha da liga e ele lidera nas principais estatísticas avançadas de desempenho e impacto nas vitórias. Já Harden, vem apresentando a melhor temporada ofensiva da NBA desde Michael Jordan há 30 anos atrás, além de manter médias impressionantes de assistências, rebotes e roubadas.


Apesar disso, não podemos perder de vista que o prêmio é definido por votação, realizada apenas ao fim da temporada e que talvez um dos dois ainda consiga repetir uma das muitas partidas memoráveis que tiveram durante essa campanha, daquelas capazes de roubar votos do adversário. Por isso mesmo, nas redes, você pode encontrar rankings liderados por Giannis ou por Harden e há apenas um consenso: independente de quem ganhar, será por uma margem bem pequena.


  1. Giannis Antetokounmpo



Última semana:

Principais estatísticas: 27,45 pontos, 12,5 rebotes, 6 assistências e 21,6 de PIE¹

Última Semana:  A semana de Giannis foi curta, mas crucial para a corrida do prêmio.


Na terça-feira passada, o grego teve pela frente o ‘Barba’ e companhia, no duelo mais esperado da temporada. Com um início bem tímido de ambos, os Rockets pareceram que dominariam o jogo, mas no desenrolar Antetokounmpo conseguiu impor seu estilo de jogo e adaptá-lo ao momento muito melhor do que Harden, que muitas vezes forçou jogadas e puxou demais para si. Envolvendo seus companheiros e deixando Bledsoe com a bola na mão quando precisava, Giannis se saiu melhor que o seu rival e ainda levou a segunda vitória contra ele!


Foram 19 pontos, 14 rebotes e 4 assistências.


Giannis ainda destruiu diante do LA Clippers, quando colocou 34 pontos, 9 rebotes e 5 assistências. No terceiro jogo da semana, ontem, diante dos Hawks, o grego optou novamente por se poupar e mais uma vez mostrou que sem ele sua equipe não é nada. Resultado? Os Bucks perderam na última bola para o 5º pior time da liga.

    2. James Harden



Última semana:

Principais estatísticas: 36,4 pontos, 6,5 rebotes, 7,5 assistências e  19,9 de PIE

Última Semana: Harden quase teve uma semana perfeita. QUASE.


E de fato é um quase em letras maiúsculas, pois sua única derrota foi diante de seu principal concorrente a este prêmio, em um jogo que ficou 13 pontos atrás de sua média e obteve um aproveitamento menor a 35% nos arremessos. Um verdadeiro fiasco quando não deveria.


No entanto o restante foi como estamos acostumados. Duas vitórias, dois shows, incluindo mais um triplo-duplo de 40 pontos, o quarto da carreira!


  3.  Nikola Jokic



Última semana:

Principais estatísticas: 20,3 pontos, 10,9 rebotes, 7,4 assistências e 18,9 de PIE

Última Semana: Jokic vem fazendo uma temporada louvável, mas com apenas uma semana restando podemos afirmar que o sérvio está oficialmente fora da disputa. Ainda mais após essa semana, quando teve grandes chances de passar os Warriors pela primeira posição e as perdeu. Uma dessas quedas aliás foi contra James Harden, que o pivô vem perseguindo na maior parte das vezes neste ranking.


Com saldo de 50% em quatro jogos na semana, Jokic teve médias de 21,3 pontos, 13,3 rebotes e somente 3,8 assistências.


  4.  Damian Lillard



Última semana:

Principais estatísticas: 26,2 pontos, 4,6 rebotes, 6,8 assistências e 15,7 de PIE

Última Semana: Lillard vem jogando demais. O mês de março foi sem dúvida o melhor da temporada. Na última semana o armador venceu dois de três jogos que seu time fez, terminando o mês com apenas cinco derrotas em quinze aparições!


O destaque fica para duas atuações de Lillard diante de bons armadores da Conferência Leste: Trae Young e D’Angelo Russell. Duas vitórias, uma com 31 pontos mais 12 assistências e a outra com 32 pontos mais 7 assistências, respectivamente.



   5. Stephen Curry



Última Semana:

Principais estatísticas: 27,9 pontos, 5,3 assistências e 43,7% 3PT e 19,6 de PIE

Última semana: “Guess who\'s back, back again”


Depois de muito tempo sem aparecer, Chef Curry está de volta. Com as poucas atuações de Embiid e a baixa que os demais jogadores e seus times sofreram, temos o ‘brinquedinho assassino’ de volta aos melhores da temporada. Ele vem sendo a peça principal nesse último sprint  da franquia para se manter na liderança do Oeste e na última semana foi super bem inclusive na derrota polêmica para os Timberwolves.


No geral, foram médias de 30 pontos, 6 rebotes, 6 assistências, com acerto de 56,4% 3PT, em duas vitórias e uma derrota.


06. Joel Embiid

07. Paul George

08. Russell Westbrook

09. Kevin Durant

10. Kyrie Irving


Correndo por fora: Kawhi Leonard, Blake Griffin, D’Angelo Russell, Donovan Mitchell.

_________________________________________________________________________

Glossário


1. PIE = Player Impact Estimate, que mede a contribuição estatística total do jogador em relação às estatísticas totais dos jogos que ele participou.