Minuto49

Minuto49

Ranking MVP - Semana 2: “O Rei está a caminho do trono”

Livio Muniz

 

01 - James Harden

 

 

Última semana: N° 1


Estatísticas da temporada: 31.6 pontos, 9.9 assistências e 4.8 rebotes.

 

Por que MVP: A pergunta que se fazia a respeito da luta de James Harden pelo MVP era: “E quando ele tiver que dividir a responsabilidade com Chris Paul?”.

 

Bem, CP3 voltou no jogo da última terça-feira, diante do Phoenix Suns, e Harden o recebeu muito bem. Foram 48 pontos do ‘Barba’, sendo 33 só na primeira metade. Metade essa em que os Rockets marcaram 90 pontos. 



Foi após essa vitória que o Houston Rockets assumiu a ponta da conferência Oeste, hoje divide ela com o Golden State Warriors.


Harden briga para atingir uma marca que apenas Nate Archibald, na temporada 1972-73, conseguiu. Ser cestinha e maior assistente da liga, ambas categorias lideradas por ele no momento. Além dessas estatísticas, James também lidera bolas de três feitas, com 76.

 

Com tais números e uma colocação tão alta de seu time, será difícil tirar a primeira colocação dele. 


02 - Kyrie Irving

 


 

Última semana: N° 2


Estatísticas da temporada: 20.9 pontos, 5.3 assistências e 3.3 rebotes.

 

Por que MVP: Por duas vezes os Celtics estiveram 17 pontos atrás dos Warriors, mas Irving liderou, anotou  11 dos últimos 15 pontos da equipe alviverde e ajudou a manter a sequência de vitórias.


Após esse braço de ferro diante de um velho conhecido, Irving teve atuação incrível contra o Atlanta Hawks. Foram 30 pontos, 4 rebotes e 5 assistências, acertando 83% dos arremessos. Agora já são 15 vitórias consecutivas! 




Kyrie Irving continua sendo o melhor jogador na melhor equipe, até aqui, da temporada, logo será difícil ver ele sair desse Top 5.


03 - Stephen Curry

 


 

Última semana: N° 4


Estatísticas da temporada: 25.6 pontos, 6.5 assistências, 5.2 rebotes, 1.9 roubada.

 

Por que MVP: Ok, a noite contra o Boston não foi digna de um 3º lugar. Porém essa foi uma das únicas, se não a única, partida ruim de Curry na temporada. Mesmo com seu pior jogo, as suas médias nos últimos 5 jogos são sensacionais: 25.4 pts, 6.8 ast, 6.8 rbt, 2 rob.

 

Curry vem cuidando de seus companheiros quando estão passando apuros. Foi ele o dono da virada diante da jovem equipe dos 76ers, com 35 pontos, além de ter um jogo monstruoso (37 pontos, 11 rebotes e 7 assistências) na noite de ontem, fora de casa, contra os Nets.






Liderando os Warriors e com a provável campanha acima das 60 vitórias, é inevitável ver Curry entre os principais candidatos a MVP, porém é melhor ele tomar cuidado, pois tem alguém dando farol alto logo atrás.


04 - LeBron James

 



Última semana: N° 6


Estatísticas da temporada: 28.3 pontos, 8.7 assistências, 7.3 rebotes e 58.5% FG.

 

Por que MVP: LeBron James vem mostrando que mesmo passadas 15 temporadas consegue competir, em alto nível, com esta NBA cada vez mais física. Talvez, ao lado de Wilt Chamberlain ele seja o que melhor combina atletismo e força física, mas nunca ninguém foi tão longe. Hoje, aos 32 anos, King James tem 38.6 minutos de média!

 

LeBron trouxe os Cavs de volta à vida. Já são 4 vitórias consecutivas, contando com o mais emblemático triunfo da temporada, diante do New York Knicks, na última segunda-feira.

 

Em meio a farpas e discussões, LBJ viu sua equipe entrar no último quarto perdendo por 23 pontos. Foi aí que o Rei entrou em ação. James pontuou ou assistiu para 30 dos 32 pontos que sua equipe fez para virar o jogo!




Outra performance incrível foi diante dos Clippers, em LA, com 39 pontos, 14 rebotes e jogadas decisivas que levaram a partida para prorrogação, onde tomaram a liderança e a vitória.



Sem dúvida, nesse ritmo que a equipe dos Cavs vem exigindo de LeBron, veremos o melhor do mundo brigar pelo seu 5º MVP.


05 - Giannis Antetokounmpo

 


 

Última semana: N° 3


Estatísticas da temporada: 30.1 pontos, 10.5 rebotes, 4.4 assistências e 1.8 bloqueios.

 

Por que MVP: Aos poucos, Giannis vai percebendo o quão benéfico é para o time, e menos desgastante para si, dividir a responsabilidade de liderar a equipe com um armador experiente como Eric Bledsoe.

Graças a chegada de um bom companheiro, o grego viu seus números em pontos e assistências caírem. Sem ser tão responsável (“valioso”) pelas atuações dos Bucks, caiu no Raking, mas segue no Top 5 por ainda ser o jogador mais eficiente desta temporada, com um PER de 31.05.

 

Se quiser voltar a brigar no Top 3, Antetokounmpo deve subir o recorde de vitórias dos Bucks, colocando-os em um lugar mais relevante.

 

Os próximos 5:


06. Kristaps Porzingis, New York Knicks


07. DeMarcus Cousins, New Orleans Pelicans  


08. Damian Lillard, Portland Trail Blazers


09. Joel Embiid, Philadelphia 76ers


10. Karl-Anthony Towns, Minnesota Timberwolves 


Correndo por fora...:

DeMar DeRozan, Toronto Raptors; Nikola Jokic, Denver Nuggets, John Wall, Washington Wizards; Ben Simmons, Philadelphia 76ers; Russell Westbrook, Oklahoma City Thunder