Minuto49

Minuto49

MVP 2019-20 - Semana 1: O passado e o futuro, presentes na mesma briga

Bem, não parece que passou tanto tempo assim desde que soltei o primeiro ranking da temporada passada, mas de lá para cá muita coisa mudou na liga. 


Bem, algumas coisas  nunca mudam.


LeBron James, em sua décima sétima temporada, segue se reinventando para se manter no topo. Armando o jogo, doando-se defensivamente e se colocando à disposição de jogar todas as 82 partidas da temporada com foco de manter os Lakers a frente de todos. Em paralelo, em sua segunda temporada, o jovem Luka Doncic encanta com a mesma grandeza. Muito similar ao seu ídolo (LeBron), o ala esloveno traz de tudo para dentro de quadra, parecendo estar em todo o canto.


Não à toa o encontro de ambos foi palco do melhor confronto entre duas estrelas até aqui na temporada. Em duelo acirrado, decidido na prorrogação, James e Doncic se tornaram os primeiros jogadores na história a anotarem um triplo-duplo de 30-15-10 na mesma partida, sendo que um se tornou o mais velho a realizar tal feito, enquanto o outro o mais novo. 




Além  de encher os olhos, nos encheu (fã de basquete) de alegria por presenciar o surgimento de tal promessa, seu confronto com um dos maiores de todos os tempo e um gosto do que iremos presenciar nesta nova temporada, que promete lotar de grande duelos.

 


1. LeBron James 



Principais Estatísticas: 24,5 pontos | 8,3 rebotes | 11 assistências | 22,4 PIE¹

Início: 17ª temporada.


Parece irreal, mas LeBron James não para de evoluir seu jogo e adaptá-lo conforme a situação exige. Armando o ataque, James hoje é o melhor passador da liga e o líder em assistências, enquanto na defesa voltou a ter um entrega que não se via a tempo e inspira a garra do time dos Lakers, que hoje é a melhor equipe defensiva da liga.


O Rei anotou 4 triple-doubles nos últimos 5 jogos, se tornou o jogador mais velho a fazer três TDs consecutivos e, também, o mais velho a ter um jogo de 35-15-10. Quando em quadra, os Lakers tem 22 pontos a mais do que sua média, a cada 100 posses de bola.


Seu impacto segue sendo incomparável (historicamente). Se guiar este Lakers a melhor campanha do Oeste, estando em primeiro em assistências, top 10 em pontos e com um desempenho de nível tão alto na defesa, como vem fazendo, não tenho dúvida de que levará a 5ª estatueta para casa.


2. Luka Doncic



Principais Estatísticas: 27,7 pontos | 10,8 rebotes | 9,1 assistências | 21,2 PIE¹

Início: WOW.


Assim como faz com muitos fãs, Luka vem me deixando sem palavras. Eu, que o acompanhei em seu último ano pelo Real Madrid, já acreditava que o garoto iria impactar a NBA, mas confesso que não acreditei que seria tão rápido. Seu ano de novato foi impecável, só que o esloveno elevou seu jogo a outro patamar neste início de temporada.


Com quase média de triple-double, Doncic não é escalado como armador, mas assume todas as responsabilidade de um. Ele é quem orquestra o ataque de Dallas, que surpreendentemente ascende como um dos melhores até aqui.


Após seu duelo épico contra LeBron James, o jovem ainda implicou outro triple-double, seguido de um jogo de 27-7-7. Os Mavs eram cotados para disputarem as últimas vagas para os Playoffs e hoje estão com campanhas similares a Utah Jazz e LA Clippers, graças a sua jovem estrela. 


Luka se tornou apenas o quinto jogador a fazer ao menos 150 pontos, 50 rebotes e 50 assistências nas primeiras seis partidas, se juntando a Oscar Robertson, Russell Westbrook, LeBron James e John Havlicek.


3. Anthony Davis



Principais Estatísticas: 26,5 pontos | 10,5 rebotes | 3 bloqueios | 19,9 PIE¹

Início: Com certeza o único até aqui entre os 3 melhores defensores da liga e no pódio desta briga. 


Anthony Davis iniciou sua trajetória pelos Lakers como era de se esperar. É a principal arma ofensiva da equipe e domina todos os adversários que passam por seu garrafão. Teve uma atuação expressiva, defensivamente, diante de LaMarcus Aldridge e foi dominante ofensivamente, diante dos Grizzlies, quando se tornou o primeiro jogador da franquia, desde Shaquille O’Neal, a fazer 40 pontos e 20 rebotes. 


Davis só não se encontra acima pois, Luka está atuando por música, enquanto LeBron está ditando o ritmo ofensivo e defensivo dos Lakers.


4. Kawhi Leonard



Principais Estatísticas: 29 pontos | 8,1 rebotes | 5,4 assistências | 23,5 PIE¹

Início: Outra temporada regular se iniciou, mas parece que o assunto em torno de Kawhi Leonard permanece o mesmo. O atual MVP das finais segue envolvido nas polêmicas de descanso, a mais recente foi escancarada pela incoerência do discurso dos Clippers e de Doc Rivers, o que gerou uma multa à franquia por tirar sua estrela de atividade.


Bem, mas quando em quadra fica praticamente impossível de parar o LA Clippers. Ele se tornou uma máquina nos arremessos de média distância e sem dúvida é o jogador mais decisivo da atualidade.


Leonard ainda não teve um jogo fora de sua curva, mas sua constância é impecável.



5. Giannis Antetokounmpo



Principais Estatísticas: 29,1 pontos | 14,1 rebotes | 7,2 assistências | 24,2 PIE¹

Início: O começo de temporada para o Bucks não foi como esperado, é verdade, mas de cinco jogos para cá Giannis vem fazendo questão de mudar isso.


Sendo o primeiro jogador na história a anotar ao menos 200 pontos, 100 rebotes e 50 assistências nas primeiras 8 partidas da temporada, Giannis  parece ter voltado a forma monstruosa na qual terminou a última. Seu caminho não será nada fácil para garantir o repeteco, mas colocar Milwaukee de volta ao topo do leste é um começo que deve percorrer.


Neste mês o grego está com médias de 34,6 pontos, 15 rebotes, 6 assistências e quase 2 tocos! Sem contar nas 4 vitórias em cinco jogos, sendo que o único tropeço foi diante do Utah Jazz, fora de casa.


06. Nikola Jokic

07. James Harden

08. Joel Embiid 

09. Kyrie Irving

10. Karl-Anthony Towns


Correndo por fora: Trae Young, Damian Lillard, Devin Booker, Kemba Walker e Jimmy Butler.