Minuto49

Minuto49

Má atuação dos reservas impede que o Clippers vença o Grizzlies em casa

Com aproveitamento de apenas 15% nos chutes de três, o Clippers foi um alvo fácil para o Grizzlies

 

Andre de Godoy

 

    Com a bela atuação dos reservas, que marcaram 55 pontos, Memphis arrancou do Clippers mais uma partida em casa com a vitória por 113 a 104. O time de L.A. agora soma 3 derrotas em sua sequência de 5 partidas no Staples Center.

 

The Blake Griffin Show

 

    O show, para os torcedores do Clippers, ficou por conta de Blake Griffin, que não conseguiu carregar o time para a vitória apesar de belas jogadas e 30 pontos, 11 rebotes, 2 desarmes e 1 toco.

    


    Enquanto o banco do Grizzlies foi um ponto forte, o do mandante foi o Tendão de Aquiles: os reservas, liderados por Lou Williams (13 pts) anotaram apenas 22 pontos.

   DeAndre Jordan fez seu papel, pegando 10 rebotes (5 ofensivos e 5 defensivos) e cravando mais 12 pontos no seu currículo, com aproveitamento de 85.7%, além de  3 tocos.

    


    Austin Rivers (7pts) e Danilo Gallinari (10 pts) fizeram partidas apagadas, enquanto Patrick Beverley faria seu melhor para manter o jogo vivo, somando 23 pontos e 7 rebotes.

 

Abraço de urso

 

    O tempo do Memphis em desvantagem foi curto, e logo no começo do jogo. Depois disso, o time de Marc Gasol manteria uma distância mínima de 4 pontos do adversário.

    Tyreke Evans foi um verdadeiro problema para a defesa do Clippers, cavando diversas faltas (e convertendo todos os 6 lances livres) e aproveitando os chutes de três, o que resultou em 20 pontos para o cestinha do banco.

    


    Entre os titulares, Mike Conley e o irmão mais novo de Pau Gasol liderariam o ataque, o primeiro com 22 pontos e o segundo com 21.

    


    O reserva Brandan Wright teve atuação crucial também, terminando com estatísticas similares às do pivô titular de L.A.: 13 pontos, 9 rebotes e 4 tocos.

 


A NBA não para

 

    O Clippers encerra a sequência de jogos em casa amanhã, dia 5, contra o instável Miami Heat de Hassan Whiteside e Dion Waiters, enquanto o Grizzlies continua em LaLa Land para enfrentar o Lakers.