Minuto49

Minuto49

Lakers dão o troco em OKC, Raptors vencem no estouro do cronômetro e mais. Veja!

Los Angeles Lakers 138 x 128 Oklahoma City Thunder




Há doze jogos consecutivos sem LeBron James, a jovem equipe de Luke Walton dava indícios de que mais uma dura derrota estava por vir. Apático, displicente e sem foco algum a equipe de LA começou de forma rotineira, deixando o adversário abrir e obrigando o técnico a fazer pedidos precoces de tempo. O cúmulo de tanta desatenção foi quando Michael Beasley foi chamado para entrar, no segundo quarto, e percebeu que estava sem o shorts de jogo, tendo que ir até o vestiário se trocar.


Então os reservas de Walton deixaram o jogo aberto novamente. Com ajuda de Zubac, Beasley e Hart, os Lakers anotaram 40 pontos no segundo período, deixando os Lakers em vantagem para segunda metade. OKC foi uma das melhores defesas da liga na primeira metade de temporada, mas parece estar sendo prejudicada pelo desgaste. Nos últimos seis jogos, a franquia teve uma média alta de 131 pontos tomados, por jogo.


Com o jogo lá e cá, o final não poderia ser outra coisa a não ser emocionante. Westbrook perdeu duas bandejas seguidas no fim do jogo, mas contou com inexperiência de Lonzo Ball para cavar uma falta de três pontos e levar o jogo para a prorrogação. Durante o lance, Tom Washington, chefe de arbitragem da NBA que se encontra no centro de replays, em New York, disse que foi um erro ter levado West a linha dos lances-livres e que a falta aconteceu antes do ato do arremesso.


Mas Zo não se abalou e comandou o time no tempo extra. Com isso os Lakers dão o troco no Thunder, que mesmo com o melhor jogo da história da franquia, em bolas de 3, não conseguiu triunfar.


Paul George fez 27 pontos, Russell Westbrook terminou 26 pontos e 13 assistências, mas acertou apenas 23% dos arremessos. Já pelos californianos, Zubac anotou 26 pontos (recorde pessoal), Lonzo somou 18 pontos e 10 assistências e Kuzman marcou 32 pontos, com sete bolas longas (recorde pessoal).



Philadelphia 76ers 120 x 96 Indiana Pacers




No duelo entre o terceiro e quarto colocado da Conferência Leste, os Sixers tiveram uma apresentação coletivamente estupenda! Contra a melhor defesa da liga, o time de Brett Brown produziu 38 assistências e consequentemente acertou 53% dos arremessos de quadra. A franquia lidera a liga porcentagem de arremessos assistidos e detém o recorde de 17 jogos com pelo menos 30 assistências.


Joel Embiid foi o grande destaque com 22 pontos, 13 rebotes e 8 assistências. Jimmy Butler também contribuiu, com 27 pontos e 8 assistências. Pelo Pacers, que teve um de seus piores jogos ofensivos da temporada, Thaddeus Young liderou com 27 pontos.



Phoenix Suns 109 x 111 Toronto Raptors



Foi por pouco que o segundo melhor time da liga não sofreu uma zebra na noite passada. Isso por que os Suns esperavam que o armador Kyle Lowry fosse o encarregado de decidir o jogo, mas o técnico dos Raptors e Pascal Siakam tinham outros planos.


Como de costume, Kawhi Leonard descansou no que seria o back-to-back, deixando as coisas um pouco mais interessante. Devin Booker fez 30 pontos e DeAndre Ayton deixou 15 pontos e pegou 17 rebotes. Para a última jogada, todos olhavam com atenção para Lowry, mas o ala Siakam guardou a bola embaixo do braço, driblou, infiltrou e deixou bola com uma bandeja sutil, que resolveu cair junto ao estouro do relógio.


Outros resultados


New York Knicks 100 x 101 Washington Wizards

Sacramento Kings 95 x 111 Charlotte Hornets

Chicago Bulls 105 x 135 Denver Nuggets