Minuto49

Minuto49

76ers empatam série; Jokic e Lillard travam duelo magnífico no Jogo 1. Veja!

Philadelphia 76ers 94 x 89 Toronto Raptors



Eu realmente não consigo entender certas pessoas que tiram conclusões pelo Jogo 1 de uma série. Bem, elas deram um passo atrás novamente, pois o Philadelphia 76ers voltará para casa com a disputa empatada. E o mais animador para seu torcedor é que o time tem muito o que evoluir.


Isso mesmo. Foram 8 erros a mais que o adversário, um aproveitamento fraco nos arremessos enquanto forçava os canadenses a chutarem mal, também, Joel Embiid doente, Ben Simmons ainda desafinado comparado aos demais e um banco que ficou 12 pontos abaixo da sua média. A vitória veio graças a entrega e aparições cirúrgicas de Jimmy Butler. O ala terminou o jogo com 30 pontos e 11 rebotes.


Foi a primeira vitória da franquia, em Toronto, desde 2012!


Enquanto isso, o time da casa não conseguiu jogar. A bola não rodou, o esquema não encaixou, as bolas não caíram e ficou a cargo dos três principais jogadores da equipe nesta temporada em carregar o piano. Kawhi Leonard (35 pontos, 7 rebotes e 6 assistências), Pascal Siakam (21 pontos e 4 roubadas) e Kayle Lowry (20 pontos) combinaram para 85% da pontuação da franquia. Muito pela fraca rotação, a defesa dos Sixers conseguiam tempo de resposta para as jogas, podendo contestar bem os arremessos, o que desencadeou em uma queda brusca do Jogo 1 para este.






Portland Trail Blazers 113 x 121 Denver Nuggets




Um duelo épico marcou esse primeiro confronto deste duelo que não sabemos o que esperar, além dessas atuações das duas estrelas principais. Nikola Jokic (37 pontos, 9 rebotes e 6 assistências) e Damian Lillard (39 pontos e 6 assistências) travaram um confronto marcante de um jogo parelho.


O Portland teve a chance de chegar no placar, em um quarto período que se desenhava muito parecido com o quinto jogo da série contra OKC, mas uma falta flagrante de CJ McCollum colocou Jokic na linha do lance-livre e colocou uma diferença que não foi possível diminuir novamente.


O jogo das duas equipes foram equilibrados, e não digo entre si, mas no individual de cada coletivo. Os perímetros trabalharam bem, foram eficientes, os garrafões bem acionados, Nuggets cuidou melhor da bola, mas perdeu a batalha dos rebotes. A agressividade para mim foi o que definiu o vencedor e com um pouco mais, os donos da casa cavaram mais faltas, converteram mais ponto desta maneira.


A forma como se desenhou o jogo, a igualdade (alta) das equipes e a performance das duas estrelas dão pinta de que essa série tem tudo para ser tão boa quanto a outra semifinal do Oeste.