Minuto49

Minuto49

​ Chris Paul é quem comanda desta vez e Rockets garantem a segunda vitória

​Ao final do primeiro jogo, onde Chris Paul não tinha tido uma boa atuação, James Harden cravou “Ele voltará na próxima noite e meterá 30 pontos”.


É, foi quase isso.


Paul anotou 27 pontos, Gerald Green saiu do banco para contribuir com 21 (recorde da carreira nos Playoffs) e os Rockets tiveram um grande 2º período para construir a segunda vitória da série, 102 a 82.



Pudemos ver o bom e velho Paul controlando o ritmo, sendo agressivo e anotando algumas cestas fáceis quando os espaços abriam e não era possível achar um companheiro livre.


Depois dos 37 pontos no segundo período, os Rockets nunca mais foram ameaçados.


Karl- Anthony Towns teve outra noite decepcionante, anotando todos seus 5 pontos no primeiro quarto. É claro que não podemos esquecer o ótimo trabalho sendo feito por Clint Capela, mas o astro de Minnesota para estar mais incomodado com a pressão de sua primeira pós-temporada.


“É Playoffs e é um jogo diferente, a fiscalidade é diferente e o jeito de jogar é diferente”, disse Towns, e completou “Eu acho que todos nós precisamos melhorar, incluindo eu mesmo”.


O All-Star dos Wolves foi para o banco com 7 minutos restando para o fim do 3º quarto e não voltou mais, ouvindo do técnico Thibodeau “Jogue com energia”.


Os Timberwolves empataram o jogo 8 vezes, mas isso ainda no início do 2º quarto, quando os Rockets abriram vantagem e nunca mais forma ameaçados. Jimmy Butler se desgasta demais ao enfrentar Harden e com Towns apático o time depende de um jogador “baleado” e um infeliz, Derrick Rose e Andrew Wiggins, respectivamente.


JOGO 3

Agora a série de muda mais ao norte, pousando em Minnesota, onde teremos o próximo jogo no sábado.